28 de abr de 2008

NESSA MADRUGADA

Nessa madrugada

Vou me encontrar novamente no meu mundo,
e descobrir oque se encontra no profundo
oceano da minha mente acionada.

Nessa madrugada

Vou viajar muito além do infinito,
Nas rimas loucas que tem tudo de mais lindo
E de mais feio dessa vida desvairada.

Logo mais de madrugada

Caminhareirei com a caneta no papel
e deixarei muitas idéias registradas,
como pegadas numa estrada enluarada.

Farei isso logo mais de madrugada.



Nenhum comentário: