14 de mai de 2008

GUERRA DAS ADAGAS

A armada dos gentis parte para um ataque
Contra as iconoclastia vigente e obsoleta.
Ataca com uma raiva voraz de borboleta
Que invadiu nossa alma e nunca nos parte...

A amada é o intuito desta jornada d’arte.
As filosofias estão todas numa roleta
Girando num contra vontade-concreta,
Causando em nossa mente um vil baque.

A amuada dor que deixou seu rastro
Nos corações guerrilheiros, um mastro.
É a convicção da vitória certa.

A Amanda foi quem comeu o Queijo
Foi e se despediu com um Judas beijo
Deixou todos os sentidos, Alerta.

Chris Clown Oliveira

Nenhum comentário: