14 de mai de 2008

SOPHIA ( O NOME DA SABEDORIA)



O sábio
Não é aquele que possui todas as respostas
E sim aquele que sabe fazer as perguntas certas.

Por que ser sábio
É saber que nada se sabe
É admitir nossa pequenez como humanos
Diante da grandiosidade do universo

Mas não por sentir-se pequeno, inferior
E sim por entender que a nossa frente
Há um infinito de possibilidades
A serem descortinadas

E que o conhecimento
É como terras virgens a serem desbravadas.

Não podemos permitir portanto,
Que a esfinge que habita dentro de cada um de nós
(que nada mais é do que a vontade do homem
de saber quem somos e para onde vamos)
Nos devore de dentro para fora

Devemos saciar nossa fome “insaciável”
De decifrar a nós mesmos
Entendendo nosso desejo
E atendendo nosso anseio
De descobrir nosso lugar no cosmo.

Nenhum comentário: