13 de jun de 2008

O BRILHO DOS OLHOS DELA

O brilho dos olhos dela,
Tem algo não sei o quê,
Que tanto esconde e revela,
Quando ela passa e me vê.

E o meu olhar insinua,
O que não posso pensar,
Do brilho que continua,
Mesmo depois de passar.

Como não sei abordá-la,
Quisera eu apenas supor,
Que este encontro sem fala,
É um começo de amor.

O.T.Velho

Um comentário:

Joana disse...

Muito belo!!