8 de jul de 2008

Responsabilidades

Parto do trabalho
como retirante faminto
que encontra no abrigo
o conforto e amparo
que consola minhas noites.

E a insônia vem como açoite
lembrar de minha responsabilidades.

Contas a pagar
filhos para criar
harmonia do lar
(quero discutir a relação
mesmo que acabe com seu coração)

A imensidão do universo
o mundo vivido e descoberto
mistérios sem fins
que nos colocarão a dilemas
pequenos, grandes e perversos.

Cerveja nos bares
point da cidade
conversa em dia
que findará com uma gargalhada fingida.



Rafael de Paula

Nenhum comentário: