5 de nov de 2008

AMÉM

Assim seja... 
Já te vi na dureza 
Assim seja... 
Já te vi na tristeza 
Já te vi na alegria 
Já te vi no passar... 
Do meu dia 
Você é a minha poesia 
Eu daqui... Poeta... 
Já me vi te olhando 
Em uma frase errada 
Já me vi a olhar-te 
Só para escrever-te 
No amigo papel... 
Quem sou eu... 
Esse tal... 
Deus... 
Um só recital... 
Um normal... 
Um idiota.. .A olhar-te. 
Amem... 
Assim seja...

Francisco Lopes Bessa

Nenhum comentário: