18 de out de 2009

Brasilidade

A gata gosta do rato
Que come queijo
Que é um derivado do leite
Para deleite do Mickey Mouse
Que em breve se tornará Tio Patinhas
Protejendo suas riquezas no carro forte
Com olhos fixo na moeda da sorte.
A lendas orinundas de nossas memórias são esquecidas
Se a caipora existe no imaginário brasileiro
Isso é de pouca valia.
Temos que valorizar o que é nosso
Luiz Gonzaga, Chico Buarque, Gilberto Gil e Caetano Veloso
Por mais que a globalização insista na homogeneização
Temos que prestar atenção em nosso coração
Que pulsa vibrante
Ao som dissonante
De nossa realidade
De quem sabe
Será melhor.

2 comentários:

Edson Bueno de Camargo disse...

Coisas da globalização, o curupira fi morar na Disneylândia.

Edson Bueno de Camargo disse...

Mas o saci anda provocando defeito em note-book celular. Andam dizendo que quando cai a conexão,é coisa do negrinho de uma perna só.