26 de mar de 2008

TRANSFORMAÇÃO

A chuva que cai,
cai em forma de lágrimas
que para uns e dor de ter
sua casa levada pelas águas.

Outros a chuva é presente de Deus,
vem sua sede saciar, e é fartura,
a natureza a se transformar, mata a
fome do mundo.

Dia chuvoso, e a chuva cai tão gostosa nos telhados!
Aquele barulho, mais parecendo uma canção e ouvir
parece não parar, vai diminuindo até passar.

Depois tudo fica colorido a brilhar, a natureza parece falar,
beleza divina a nos encantar!


Eliza Gregio

Nenhum comentário: