26 de abr de 2008

MINHA POESIA

Minha poesia
nasceu de mim mesmo
Que pena
nunca fui um bom pai...
Nasceu
com métrica e rima...
Nasceu perfeita
Dirão futuramente
Que foi adotada
Pois não se parece comigo.
Nasceu livre
livre
livre como um sonho...
Levemente sonhado...
Um êxtase...
As rimas e a métrica
não tirarm
nem impuseram nada a ela
Pois é livre...
Toda poesia é livre
Rimada ou metrificada
É livre...
Eu não sou...
Assim dirão
que foi adotada
Pois não sou poeta...
Vislumbrei-a em um momento
e foi só...

Ibrahim Ibiza

Nenhum comentário: