4 de abr de 2008

Oi!

E lá vou eu
feliz da vida
andando por calçadas
de ruas e avenidas.

Passo por tanta gente
que só olha pra frente.
Nesse mundo moderno
ninguém se cumprimenta
ninguém se atenta
num aperto de mão;
num abraço; num: como vão?
Num olhar; num aceno;
num: oi! Apenas um...

Mas um besouro pequeno
passa e fala: -Zuummm!!!
O pássaro no alto ali
que mal me conhece grita:
-Bem te vi!!!
E os cães atrás dos portões
me latem a plenos pulmões...

Ai... Ai... Que contra-senso;
Paro no ponto e penso...
Quanto mais pessoas juntamos
mais distantes ficamos...


Osvaldo Heinze

Nenhum comentário: