22 de abr de 2008

OS EXTREMOS DO AMOR

QUANDO OS OLHARES SE CRUZAM ...
QUANDO O DESEJO ASCENDE ...
VEM A PAQUERA.
O PRIMEIRO ENCONTRO
O BEIJO INICIAL E CRUCIAL, QUE DA FRIO NA ESPINHA E BORBOLETAS A RODOPIAR NA BARRIGA ...
A FUSÃO CARNAL ... ESTONTIANTE !
A ADAPTAÇÃO ...
A CONVIVÊNCIA ...
OS DESARCERTOS ...
AS INCOMPREENÇÕES.
O TÉRMINO !
MAS, O INÍCIO DO QUERER TUDO DE NOVO.
JUNTO, BEM JUNTO ...
JUNTINHO ...
QUASE COLADO.
SAUDADES !...

Nenhum comentário: