10 de mai de 2008

CONJECTURAS

O que diz a minha boca
Não é aquilo que penso,
Toda palavra é pouca
E não dizê-la é imenso.

E se minha boca não diz
Aquilo que eu imagino,
Ela apenas se contradiz
E eu não a determino.

Assim eu apenas me calo
Onde só posso sentir,
Direi sem pronunciá-lo
E me escutarás sem ouvir.

Marcus Di Philippi

Nenhum comentário: