24 de mai de 2008

Louco? Ora!

Enquanto todos corriam de ti
eu te recebia de braços abertos.
Nem sabiam quais eram mais vazias:
minhas lágrimas a descoberto
ou tuas carícias frias.

Depois que fostes embora
todos os seres voltaram
para me olharem com demora
pois só eu te recebia. Só eu!
Agora me acham louco? Ora!...

Sempre estarei aqui, sempre...
De coração aberto esperando por ti
oh chuva bendita que surpreende
lavando-me mais a alma que eu aqui
e brotando em mim outras sementes...


Osvaldo Heinze

Nenhum comentário: