26 de jun de 2008

CIRCO

Com minha pena conduzo
o fluxo da história
refrescando a memória
dos dislexos sociais
que vivem perplexos
com as fatalidades da vida
que patinam no solo
anestesiado pelas dores
que a sina propicia.

O pão é distribuído
o circo é armado
o jeito é assistir o espetáculo
acomodados nas poltronas
divertindo-se com as mágicas
óbvias e enigmáticas.


Rafael de Paula.

Nenhum comentário: