20 de jun de 2008

MENINO MILÊNIO

Noite quente, que me aquece por dentro.
Aquecida por este sentimento perfeito.
Noite que se eterniza perdida em sonhos
e fantasias, delirando entorpecida
por este remédio insano.

A vejo, em meus sonhos como um mar
de águas calmas trazendo acalento em
minha a alma...

Me leva sobre o mar como
um pássaro, sinto-me amparada sobre suas asas.

A seriedade de um sargento, o que mais
me encanta, quando lhe roubo um sorriso,
com toda a seriedade parece um menino.

Nos olhos levam mistérios de águas escuras,
No semblante a pureza de criança,
No coração a bondade dos anjos,
Leva consigo a sabedoria de mil anos...

Eliza Gregio

Nenhum comentário: