19 de jul de 2008

Mórbida escultura

o que me interessa
é o interior
desta escultura que agora
tão mórbida, no caos se vai
na precedência do curso dos séculos
e permanece estável em movimentos giratórios
de rotação e translação

o que me interessa está dentro
o que se vê do lado de fora
não serve pra vida, não agrada

me entristece em saber
que um dia foi mais bela
com verdejantes bosques
e a essência da vida na sua maneira simples
apesar de surgir do caos
e da forma abstrata...

ainda existem mistérios não revelados
possibilidade que transcende o tempo
há talvez flores silvestres
neste lado oculto que desconheço
mas ainda há um espaço vago nos pensamentos
é preciso transcender o que está fora
para que possa surgir o que está dentro

Ederson Rocha

Nenhum comentário: