21 de out de 2008

PRIMAVERA

Tarde de primavera.
Nos dois juntos dançando
ao som de uma bela canção
que o nossos corações ouviram.

O mundo transborda energia.
O colorido das flores contagia.
Perfume de primavera no ar.

Aos pouco aquela dança entrelaça
Dois corpos, transformando-os
Em uma só sintonia.

Amor se transforma em poesia
A magia do amor em sua devassidão!
Os céus, a nos cobrir como um véu,
tem sua essência se exalando no ar.
A natureza resplandece,
Incandescente a observar;
Saciando nossa sede de vida


Eliza Gregio 6

Um comentário:

Francisco Castro disse...

Olá, gostei muito do seu blog. Ele é muito bom.

Abraços