24 de dez de 2008

Onde estará aquela menina
Que é a essência da minha vida
Que transborda inocência, decência
E a minha paciência já não pode suportar

Onde estará esta que é a mais bela
Que meus olhos podem avistar
Não há nesse mundo ou em tela de aquarela
Composição mais linda de se apreciar

Onde estará ela que é o encanto
E a causa do meu canto
Por quem meu coração não para de saltar
E eu no meu canto não me canso
E já tenho como vicío, quando me levanto
Lembras todos os santos
Que todo dia eu sonho com ela me casar

Do meu coração eu tenho exprimido e imprimido
Os mais diversos e bonitos, cada vez mais compridos
Versos pra explicar
Pra essa donzela
Que eu só lhe quero amar

Marcelino

Nenhum comentário: