19 de fev de 2009

AMOR É ENTREGA



AMOR É ENTREGA

Minha realidade sem medo
Na vida com ela sempre me esbarro
Em saber que a pessoa que diz me amar
É esta que me trai consigo mesmo.


A minha vida que para mim e desafio sempre
Invejável a muitos que me olham bem admirados
Os que não acredita que meu amor e sufocado.
Este amor egoista nunca se entrega
Sempre ganha como abjeto de barganha
Ou quem vença! E o melhor.


Diante disto não e amor
E se me ama! Não e assim que me ganha
Amar e uma conquista uma entrega e perseverança
E o me ganhar sem se sentir vitorioso.
E se entregar só para sentir meu gosto.


Eliza Gregio

Nenhum comentário: