7 de fev de 2008

ESBOÇO

Ontem, ao entardecer
Nos fitamos nos olhos
Eu e ela
Sem nada dizer:
O silêncio falava
por nós dois.

Inesparedamente
uma brisa mansa
e indelével
segredou-lhe algo
ao ouvido.

Percebi-o pelo
leve esboço
de felicidade
que seus lábios
deixaram escapar.

Meu coração pulsou
descompasadamente
e pensei
enfim não preciso
dizer nada
Ela já sabe.

Marcus Di Philippi

Nenhum comentário: