29 de fev de 2008

POR DO SOL

Meu pensamento sempre voa
Não por um motivo preciso,
Ele Apenas se lança à toa
Porque é vago e indeciso.

Mas há um lugar eu sei
Onde ele pretende chegar,
Este lugar eu mesmo criei
E foi isso que o fez voar.

E um dia estou bem certo
As suas asas o levarão,
Nós dois iremos, decerto
E os outros não saberão.

Marcus Di Philippi

Um comentário:

martha barbosa disse...

Nossa que blog lindo, que poesias lindas,parabéns.volto a te visitar.meu blog é marthacorreaonline.blogspot.com