24 de abr de 2008

O RENASCER

Chegará um tempo no futuro
Que os nossos entes querido se levantarão, do leito tumular.
Da decomposição, a restauração
Desfazendo a tristeza, florando alegre emoção.

Transformação fantástica, vai ocorrer
As lagrimas vão escorrer.
A boca fechada em sinal de aflição
Será forçada a falar coisas do coração.

Átomos, soltos irão voltar
Corpo novo, eles vão desenhar.
Pele, desfigurada pelos vermes
Moldado ficará, com belas vestes.

Tigela de ouro espedaçada
Esculpida novamente, beleza realçada.
Olhos preso, na escuridão da morte
Enxergaram todas as coisas, de toda sorte.

Nenhum comentário: