14 de mai de 2008

SURDEZ DENGOSA

Tenho andando meio mouco
De algo que não sei dizer,
Na voz só um cansaço rouco
Da algoz ânsia de não saber.

Tenho estado um tanto louco,
Querendo prever o que
De tanto só sinto um pouco;
Do nada, me remeto à você.

Estou chocho e amargurado,
Teimoso, marrento e calado.
Sem saber identificar

O que me soa pelo corpo
Mas sinto que estou morto
Por não saber te amar.

Chris Clown Oliveira

Nenhum comentário: