10 de mai de 2008

SUSSURROS

Sussurros varam a noite
como escadas sorrateiras
que o tempo não pensou...

Um emaranhado de idéias
vem-me à mente
e penso:

Os demais pensarão como eu?...
Verão e sentirão as coisas
como as vejo eu?...

Sussurram-me sorrateiras
Escadas noturnas
De não saber quem sou

Nenhum comentário: