2 de jun de 2008

Miscigenação e nostalgia

A bailarina dança
na corda bamba
ao som de um samba
que emana das entranhas
do povo afro-brasileiro.

Buscamos nossas raízes
na cachaça amarga
que rasga minha garganta.

Nossa identidade é engraçada
somos um pouco de tudo
que há nesse mundo.

Na paulicéia desvairada
temos a pressa e o trabalho
os trens e metrôs
a música retro
que mata a saudade
dessa gente nostálgica
que deixou no passado
o tempo que mais amava.




Rafael de Paula.

Nenhum comentário: