12 de jun de 2008

UMA IMAGEM

Para meu amigo Castelo Hanssen

É só uma paisagem no meio,
Do fio d'água, sem luz,
Que ouso pensar que a creio,
E nada além a produz.

Eu a vejo esquivo e torto,
E numa tal similitude,
Que confundo o vivo e o morto,
Porque tudo a repercute.

Somente não sei precisar,
Se na imagem concebida,
Algo existe além de olhar,
Esse nada que é a vida.

O.T.Velho

Nenhum comentário: