24 de dez de 2008

Teu doce

Sei que amas meu doce
Num tom tão doce
Na senda mais doce
Na crista mais alva
Só para falar de doce
Encontro mais só que a vela
Na chama pequena da cela
Que pulse de rispído fogo
Meu doce é tão teu
Tão erótico
Tão vasto
Tão voltado ao açucar com mel
Num gesto tão simples
De pincelar as pontas das unhas
Meu doce escorreu em fagulhas
Que agora
Te adoça
...


Rosefly

Nenhum comentário: