30 de ago de 2009

Calmaria

Entre nós instaurou-se o silêncio
Eles foram seguindo adiante
Como se houvesse um consenso
Que nós seríamos belos amantes

Se dissesse um verso era pouco
Se fizesse mil talvez louco
Bem dizer sua formosura, redundância
Excluir sua moldura, ignorância

Foste eu atrevido, sensato
Que momento oportuno e barato
Jamais daria a boa sorte outra vez
Pra quem descaso do acaso fez

Perdi a chance cedida
Talvez de mudar-me a vida
De evitar essa sua viagem
Ou enfiar-me na sua bagagem

E nem que fosse no pensamento
Carregaria-me por um momento
Um pouquinho lá no fundo da alma
Traria-me tão terna calma
Que eu nunca mais quisera dispensar

Marcelino

Nenhum comentário: